>>Colecione moedas, cédulas, selos e cartões telefonicos do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...>> Entre Cédulas, Moedas, Selos e Histórias é uma página do Historiador e Numismata Bruno Diniz >> Contato: brunocelest@gmail.com >> Siga nossa coleção no Google+ >> Inscreva-se em nosso canal no Youtube!!! >>

A MOEDA QUE BRILHA NO ESCURO


O Canadá colocará em circulação a primeira
 moeda do mundo que pode brilhar no escuro. Será?


Uma moeda que brilha no escuro... Será Novamente os canadenses sempre tentam surpreender o meio circulante mundial e todos os colecionadores! Pois esta moeda já é conhecida no país como "toonie", a moeda de dois dólares canadenses foi produzida após a realização de um concurso de design que recebeu mais de 10 mil inscrições.

Tema

Ela mostra duas pessoas remando em um barco com uma aurora boreal ao fundo.

Comemorando o 150° aniversário do Canadá

A Royal Canadian Mint, instituição responsável pela produção das moedas, está colocando 3 milhões de "toonies" em circulação para comemorar o 150º aniversário do Canadá.

A dinâmica da moeda

Durante o dia ou em local com boa claridade, a cena aparece normalmente colorida em azul e verde. Ao ser exposta ao escuro ela começa a brilhar.

O designer

A moeda foi projetada pelo médico Timothy Hsia, que se disse inspirado pelo tema do concurso - "nossas maravilhas".

"Queria escolher algo que fosse realmente maravilhoso", afirmou. "E acho que não há nada mais maravilhoso do que a aurora boreal canadense."

Foi realmente a primeira?

De fato, não! Uma moeda com a mesma caracteristica foi cunhada em 2012. Ela também brilhava no escuro, mas não entrou em circulação comum... O país já havia experimentado a técnica de brilho no escuro com uma moeda de 25 centavos que exibia um esqueleto de dinossauro, mas ela não chegou a entrar em circulação comum, teve, mas teve uma tiragem de 25 mil moedas voltadas para colecionadores. Isso faz com que está seja a primeira posta em circulação comum, mesmo como comemorativa, mas de fato é a segunda moeda e não a primeira.

A decisão de colocar em circulação a primeira moeda do mundo que brilha no escuro coube à Royal Canadian Mint, que também produz moedas para outros 75 países. O objetivo desta empreitada foi demonstrar a inovação canadense na cunhagem de moedas. Conseguiram novamente!