>>Colecione moedas e cédulas do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...

O dinheiro na linguagem popular


Os sinônimos e gírias para o dinheiro brasileiro é bastante vasto e criativo. Em todas as épocas alguém denominou alguma cédula ou moeda por sua característica marcante, seja pela personalidade estampada, tamanho, cor ou até mesmo pela falta dele. Neste artigo trouxemos esse mundo criativo para os nossos leitores! Se você conhece alguma outra gíria, sinônimo que não foram listados nos ajude a complementar este artigo acessando nossa página no facebook e deixando sua contribuição.




https://www.facebook.com/Numismática-News-245256245557224/?fref=nf
CLIQUE NA IMAGEM PARA PARTICIPAR

Abobrinha: cédula de mil cruzeiros antigos, de cor abóbora.
A mão entra aberta e sai fechada: diz-se de pessoa avarenta
Arame: dinheiro

Baba: quantia em dinheiro
Bolo: reunião de cotas de várias pessoas que deve reverter por sorteio ou aposta, a um dos contribuintes

Cabral: cédula de mil cruzeiros antigos, com a efígie de Pedro Álvares Cabral
Cacau: dinheiro
Chacal: sem dinheiro
Chapéu: antiga cédula de dez mil cruzeiros, com a efígie de Santos Dumont
Cobre: dinheiro
Com a corda no pescoço: endividado

Duro: sem dinheiro

Erva: dinheiro
Espilado: sem dinheiro
Estribado: na posse de quantia considerável

Faturar: ganhar muito dinheiro
Filipeta: dinheiro de pouco valor
Fominha: ambicioso, egoísta, sozina
Forca (na): endividado

Gaita: dinheiro
Galinha morta: preço baixo
Galo: cédulo de cinqüenta cruzeiros ou reais
Grana: dinheiro
Gruja: gorjeta

Jaburu: cruzeiro, dinheiro

Limpo: sem dinheiro
Liso: sem dinheiro
Lona (na): sem dinheiro; estar na lona

Malandro: real
Mango: real
Mão-aberta: generoso
Mão-fechada: sovina
Mão-de-samambaia: sovina
Menor (na): sem dinheiro; estar na menor
Micha: dinheiro, quantia qualquer
Micharia: dinheiro, pouca quantia; custou uma micharia
Mônei: dinheiro
Munheca: avarento

Níquel (niqui): moeda
Nota: dinheiro
Nota de conto: cédula de mil cruzeiros antigos
Nota de responsa: grande quantia de dinheiro

Os olhos da cara: preço elevado

Pacote: cruzeiro, dinheiro
Pão-duro: sovina
Papagaio: letra promissória
Pau: real; "me empresta cinqüenta paus"
Pela hora da morte: caro
Pendurado: endividado
Perna: cédula de cem cruzeiros antigos
Pindaíba (na): sem dinheiro; estar na pindaíba
Pior (na): sem dinheiro; estar na pior
Prata: real, dinheiro
Preço de banana: preço baixo
Prego (no): endividado
Puro: sem dinheiro

Quanto mais tem, mais quer: diz-se de pessoa ambiciosa
Quebrado: sem dinheiro
Quina: cédula de quinhentos cruzeiros, tanto antigos quanto novos

Rachar: dividir uma quantia entre amigos. "Vamos rachar a despesa".
Reto: sem dinheiro
Russo: situação econômica difícil

Situação: dinheiro

Teso: sem dinheiro
Tiradentes: cédula de cinco mil cruzeiros antigos, com a efígie de Tiradentes
Torrar: gastar
Trambique: negócio ilícito, desfalque, desvio de dinheiro
Trambiqueiro: pessoa que realiza negócios ilícitos, que desvia verbas, trapaceiro, falsário
Trocado: pequena quantia em dinheiro
Troco: dinheiro
Tubo: dinheiro
Tutu: dinheiro

Vaquinha (fazer): quotização entre amigos para a aquisição de algo