>>Colecione moedas e cédulas do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...

As moedas chinesas e seu nível artístico refinado durante a Dinastia Tang

Moeda ''Kai Yuan Tong Bao'' da Dinastia Tang, cunhada pela primeira vez em 621 d.C. em Chang'an (Reprodução)
Moeda ''Kai Yuan Tong Bao'' da Dinastia Tang, cunhada pela primeira vez em 621 d.C. em Chang'an (Reprodução)

As antigas moedas chinesas, durante cada fase da história, foram fabricadas com diferentes materiais e refletiam não apenas a força política, mas também o estado da economia e o nível de desenvolvimento tecnológico. A moeda sempre esteve intimamente ligada ao desenvolvimento da sociedade de forma geral. As alterações e substituições das moedas nos ajudam a contar e aprender a história das vicissitudes das nações, a ascensão e queda das dinastias, e refletem inteiramente a habilidade e a imaginação dos fabricantes das moedas, que fizeram do dinheiro uma arte rica, única e muito útil.
As primeiras formas de moedas da história adotaram a aparência de alguns objetos feitos de metal, tais como pás, enxadas e facas. Estas moedas, além dos símbolos do céu e da terra, tinham impressas a indicação do seu peso e valor no mercado.
Na China, a história da moeda remonta a mais de 4 mil anos, mas se diz que pode chegar a 5 mil anos. Os tipos de moedas usadas na época eram muitas e variadas. Dentre as mais antigas formas de moeda pode-se encontrar o ouro, a prata, e o cobre, e até mesmo o papel. O surgimento da moeda deu mais liberdade de movimento econômico e influenciou muito a interação das pessoas, substituindo o antigo sistema de escambo. Como na maioria dos aspectos da cultura tradicional chinesa, se falamos de um esplendor da moeda, temos de voltar à Dinastia Tang.
Moedas Tang
Durante a Dinastia Tang (618-907 d.C.), as moedas mudaram significativamente, deixando de ter uma forma simples e rústica para uma arte muito mais fina. Durante esta dinastia, as moedas com inscrições mostram diferentes estilos de caligrafia. Os números refletem principalmente o registro de artistas, poetas e imperadores, e até mesmo a indicação do ano. Algumas eram simples, mas com caligrafias muito elegantes, delicadas e sutis. Outras eram mais arredondadas e lisas. Algumas muito particulares podiam portar frases de saudação ou paz. Uma única moeda poderia ter até quatro estilos diferentes de escrita.
A primeira moeda feita na Dinastia Tang foi chamada Yuan Kai Bao Tong. As primeiras duas palavras significam “abrir um novo começo”, e este foi o início do estabelecimento de novos padrões para a fundição, a gravura, o estilo e a forma de todas as moedas que se seguiram em quase todas as dinastias subsequentes.
A legenda inscrita nas moedas Tang consiste em quatro caracteres a serem lidos de cima para baixo e da direita para a esquerda. A partir do século VIII, os dois primeiros caracteres das moedas correspondiam ao imperador reinante. Os dois últimos caracteres das moedas especificavam se era Bao Tong (moeda em circulação), Zhong Bao (moeda forte) ou Yuan Bao (moeda primária).
Muitas moedas, a partir da Dinastia Tang, tinham desenhos na parte de trás, tais como uma lua crescente, um ponto, o sol, a lua, estrelas ou nuvens. Muitos historiadores e numismatas concordam que a primeira lua crescente foi feita por uma imperatriz que marcou o molde de cera com a unha, mas a verdade é que ninguém tem provas que sustentem esta história.
Um fato interessante sobre as moedas Tang é que foram as únicas na história monetária da China em que o peso e o tamanho correspondiam ao valor, ao contrário das dinastias que vieram antes e depois, onde as moedas foram muitas vezes degradadas sendo menores em tamanho do que seu valor correspondente.