MOEDAS TRANSFORMADAS EM PINGENTES AO LONGO DA HISTÓRIA

Vou analisar nesta serie de postagens como e porque as moedas eram furadas ou transformadas em jóias e provar que além de serem colecionáveis também fazem parta da importante história da numismática  mundial. A moda de incorporar moedas em adorno pessoal é, certamente, já conhecido no mundo grego.O grande florescimento da cunhagem de jóias remonta ao período romano imperial médio e tardio.
Equiparando as poucas jóias que remonta ao final do século I-II. C., com o período de Severa, existe, de fato, uma produção notável de cunhagem de jóias. Continua a ser criada, mas em menor medida, a cunhagem com as formas mais marcantes, mesmo no século IV e início do século V. 
A reutilização com função decorativa de moedas romanas é limitada ao valor nominal em ouro, nomeadamente, sólidos e seus múltiplos.
Esporadicamente se verifica a utilização de amostras de prata (denier e Quinari), que por vezes pode ser revestida com uma folha de ouro, de forma a assumir o aspecto de uma moeda valiosa.O uso bratteae em folha de ouro, obtido a partir de espécimes por moeda surgiu também de forma casual.
Raríssimo é, finalmente, a utilização de metais não preciosos nominal. O lado visível da moeda que está constantemente mostrando o retrato do imperador ou imperatriz. 
Inclinada cunhagem de Roma (via Ostiense Necropolis), a primeira metade do segundo século d.c., Roma, Museo Nazionale Romano.O pingente foi colocado no pescoço dell'inumata, com um círculo dourado suave, opaco e incorporado um quinário de Adriano.
Inclinada cunhagem- pingente, de origem desconhecida, consiste num quadro com ovos de ouro das palmas e Mãos Los Opaco.Nesta peça está inserida a Antoninianus 244-247 AD de Filipe I. 
Colar cunhagem do Egito (Assiut), Início do Século V. d. C., Berlim, Museu Staatliche, Antikensammlung atual Moeda de Ouro (87 cm).Acoplado num grande pingente com um quadro "opus interrasile", cujo centro é múltiplo num conjunto de Honorio (393/5-423 c.d.)
Colar cunhagem Egito, Final antecipada I-II d. C., Londres, Museu britânico Pingente contém um simples círculo de um aureus de ouro domiciano 91 d.c..Apartir desta foi colocada em suspense a actual de ouro (50,8 cm). Sistema de Bloqueio Operacional, típico de fabricação de jóias egípcias. 
Tipos
As  jóias da cunhagem romana são essencialmente compostas por seis tipos: de suspensão, elementos para colares, broches, pulseiras, anéis, cintos de fechamento.As moedas pingentes podem ser usadas individualmente ou combinadas em números variados em belos colares. Paralelamente a estas jóias mais generosas, estão as moedas simplesmente equipadas com um buraco que é suposto ser usado para suas cadeias de suspensão ou cintos. 
Galiano parágrafo Salonina
Parece bastante limitado para o mundo da barbaricum que se aplicam ao uso de moedas de ouro romano, ou suas imitaçoes, um simples appiccagnolo, soldá-lo para a borda superior da amostra, que é então fechada em si mesma representa um quadro decorativo.
Inclinando-se a cunhagem de barbaricum (21,19 g) Ouro múltipla Constâncio II no valor de cinco Sólidos, emitido na Casa da Moeda de Sirmium no 355-356 d. C..Os pingentes foram transformados através de solda na beira de um pequeno cilindro oco. Ouro decorado com ranhura.
Apesar de não serem numerosos,os colares moeda conheceram um tempo de difusão muito longo. Quando mais pingentes estão suspensos à cadeia, mais estes são separados um do outro por espaçadores adequados, barras cilíndricas ou poligonal pilastrini. Iguais ou semelhantes ao elemento de fecho do colar pode-se inserir uma moeda.
Os colares de moedas descritos em documento egípcio, utilizam um sistema de extensão da cadeia através de ouro "ânforas". Pingentes representavam a classe mais generalizada porque eles próprios são despojados de alguma corrente de metal a que se poderia estar ligado, presume-se que neles foram suspensos fitas, tal como o couro ou tecido.
Este tipo de jóias é assumido como uma moeda de uso feminino. 
Inclinando-se a cunhagem de Vaise (Lyon), III d. C., Lyon, Musée de la Civilização galo-romana.O pingente foi encontrado com um marco de 1992, incorporação em quadro de um peltae num total de Ouro do Gordian III 238-244. 
Colar de cunhagem Aboukir Bay (Egito), Metade do III d. C., Kansas City, Nelson-Atkins Museum of Art.Os onze pingentes dourados contêm moedas Adriano, António Pio, faustina Sênior, júnior Faustina, pertinax, Carcala, Macrino, Heliogábalo, Gordiano III (238-244 d.c.). Um padrão-ouro do século XII, emitido por Alexandre Severo, é inserido num golfinho de Risso. Um peso atinge o total de 309 gramas (comprimento 77cm). 
O arranjo de busca sugere pingentes de certa simetria apartir de diferentes tipos de estrutura. o contorno dos pingentes são geralmente circulares, hexagonais e octogonais.
O quadro assume uma maior amplitude nos pingentes e as moedas de IV e V século podem ser usadas para o anel de suspensão.
Colar cunhagem IIId.c., Chicago,The Field Museum de História Natural- Três pingentes que encerram o ouro Otacília Severa, Gordian III e Probus (276-282 d.c.). Decoração com folhagens e pergaminhos. Dois pingentes colaterais, incorporados na planta padrão geométrico-estrela de oito pontas.
Os quatro espaçadores, formam pilastras e são obtidos com a técnica de ' opus interrasile . A passagem de varias correntes de ouro decoradas com anforas permite alongar o colar. 
O mundo romano não revelou alguns tipos de cunhagem mas especula-se que eram do uso masculino. Neste tipo de gema, a moeda assume a função de bisel. Os ombros são muitas vezes molduras perfuradas, modelado peltae e pergaminhos.Menos frequentes são os anéis de banda lisa. 
Anel cunhagem, III seg. d. C., Paris, Bibliotheque Nationale, Cabinet des medailles moldura polígono é adicionado para um Padrão de-Ouro Maximino Thrax (235 -238 dC). O ombros São perfurados com padrões peltae e pergaminhos.  
Do mesmo modo que para as pulseiras, uma moeda de ouro pode ser inserida numa pinça que desempenha a função de elemento de fecho ou utilizados como uma banda de metal circular decorativa. Os pinos têm uma aparência muito semelhante à dos pingentes.
As moedas são incluidas num painel que é soldado ao suporte de motivos decorativos comuns para os segundos quadros dos pingentes de moedas. Na parte de trás da gema, o sistema de olho é soldado ao suporte que permite a fixação ao vestuário. 
Pulseira cunhagem de Lyon, "Tesouro Lazaristes", encontrado em Lyon de 1841.Este inclui duas pulseiras sem encerramento "Commodus" datada de 192 d.c..
Várias hipoteses têm sido avançadas sobre a função interpretativa das jóias com cunhagem da moeda romana. Alguns defendem que acumularam moedas de ouro em um período de grave crise económica outros propõem um valor ideológico politico a partir da consideração de que o lado visível da moeda é sempre reservada para o retrato imperial.Acredita-se que as moedas de ouro funcionavam como um amuleto-talismã. 
Colar de Moedas, do Tesouro de Nikolaevo (Bulgária), III sec. d. C., Sophia, Museu Nacional de Arqueologia.
O pingente tem um Caracalla em ouro e uma moldura de ouro em formato de estrela, na qual foram incorporadas quatro chrysoprase verde e quatro granadas Vermelhas. O colar é equipado com um sistema de gancho e fechamento de loops, soldadas em cápsulas de forma a retratar cabeça de cobra.  

MOEDAS TRANSFORMADAS EM PINGENTES AO LONGO DA HISTÓRIA MOEDAS TRANSFORMADAS EM PINGENTES AO LONGO DA HISTÓRIA Reviewed by BRUNO DINIZ on outubro 14, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.