UMA IDEIA QUE PODERÁ AJUDAR

Tive uma ideia para catalogar minhas moedas e guarda-las em outro lugar, uma vez que os expositores foram desativados para dar lugar a outras coisinhas...Mas isso é uma outra história! Bem, eu achei as capsulas muito caras para a quantidade que eu precisava então resolvi durante os últimos três meses observar a ação do grampo de metal do grampeador nos holders nas seguintes situações:

Puro: Apresentou o minimo de ferrugem, mas prejudicial a longo prazo.

Puro em local úmido: Apresentou um nível muito alto de ferrugem colocando em risco a integridade da moeda observada.

Com pintura: não apresentou sinais de ferrugem durante os três meses

Com pintura em local úmido: O holder não suportou, mas o grampo ficou integro preservando a moeda da ação do ferrugem.

A pintura foi feita com esmalte de unha que foi aplicado ao grampo antes e depois de utilizado, gerando um gasto muito menor do que a compra de capsulas para abrigar uma coleção de tamanho considerável, postei a ideia para que os colecionadores mais organizados possam ver o resultado e comentar a cerca do mesmo mas antes vou descrever como reorganizei minha coleção:

Coloquei o  meu brasão de colecionador
   

Depois adicionei a especificação da moeda
 



Como eu já possuía um esquema de automação junto com um programa que utilizo para gerir minha coleção
eu adicionei um código de barras que me leva diretamente a peça e seu histórico em meu computador...Mas é muito complexo e não é necessário fazer para quem não conhece.

Coloquei o código o qual representa a moeda no sistema de automação, mas você pode fazer uma tabela no Excel e adicionar as especificações da moeda para uma consulta futura ou até mesmo facilitar a vida de alguém no futuro, caso você não esteja mais entre nós!!! heheh Temos que pensar em tudo.

Meu exemplo:

DN19920019AP

Explicando o Código:

DN: Diniz Numismática
1992: Ano em que assumi a coleção
0019: Número da peça no acervo
AP: Identificação Acervo Pessoal

Sendo assim norteei toda minha coleção de forma simples segura e eficaz, fazendo com que não eu, mas toda minha família saiba como proceder para encontrar a peça em caso de estudo ou até mesmo para em um futuro distante revende-la a outros colecionadores como herança.

Agora apresento o resultado final, testado e aprovado

  
É um pouco trabalhoso mas o resultado é muito bom, pois identifico a peça e no futuro, se alguém comprar saberá exatamente de onde veio e a quem pertenceu a moeda.  
UMA IDEIA QUE PODERÁ AJUDAR UMA IDEIA QUE PODERÁ AJUDAR Reviewed by BRUNO DINIZ on julho 24, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.