>>Colecione moedas, cédulas, selos e cartões telefonicos do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...>> Entre Cédulas, Moedas, Selos e Histórias é uma página do Historiador e Numismata Bruno Diniz >> Contato: brunocelest@gmail.com >> Siga nossa coleção no Google+ >> Inscreva-se em nosso canal no Youtube!!! >>

Cruzeiro do mapa duplo


"As moedas do novo padrão monetário Cruzeiro que foram cunhadas, nos anos 1942 e 1943, levaram, no anverso e no reverso, as siglas dos gravadores. A partir de 1944, a Casa da Moeda estabeleceu que os gravadores não deviam mais colocar suas siglas nas moedas. Em conseqüência disso, neste mesmo ano existe grande quantidade de moedas com sigla e um número bem menor de moedas sem sigla. Já no ano de 1945, nota-se que a quantidade de moedas com sigla é ínfima, deduzindo-se com isto que esta proibição deu-se no final do ano de 1944". "Examinando-se tais moedas, pode-se constatar que:

1) Na moeda de 10 centavos a sigla do anverso é OM (Orlando Maia) - depois da palavra "BRASIL", e no reverso BR (Benedito Ribeiro) - à direita do traço; 

2) Nas moedas de 20 e 50 centavos, seja no anverso ou no reverso, a sigla é OM - localizada nas mesmas posições da moeda de 10 centavos; 

3) Na moeda de 1 Cruzeiro, a sigla do anverso é WT (Walter Toledo) - localizada ao lado esquerdo, na altura do Estado de Santa Catarina (mapa), e no reverso BR - localizada à esquerda, embaixo do traço horizontal de pontas curvas; 

4) Nas moedas de 2 e 5 Cruzeiros, seja no anverso ou no reverso, a sigla é WT - localizada nas mesmas posições da moeda de 1 Cruzeiro." O mapa duplo é um erro de cunhagem. Pode ser observado junto a costa do mapa, que dá a impressão de haver duas linhas costeiras e também pelo segundo traço do lado direito inferior do mapa.

Por A. Paashaus e Bruno Diniz