>>Colecione moedas e cédulas do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...

UM PRESENTE QUASE EXCLUSIVO...

Um set de moedas do padrão Real

Hoje não é um artigo comum! Trago para os amigos a imagem de um set de moedas do padrão Real que me foi apresentado por um dos diretores da Casa da Moeda do Brasil, neste set a moeda de um real faz referência aos 50 anos do banco central e todas estão em estado de flor de cunho. Este presente é quase que exclusivo, pois são utilizados para presentear pessoas importantes que fazem a visita as instalações da CMB. Um belo presente que ficará guardado em minha coleção com muito carinho.

AS MOEDAS OLÍMPICAS


A Rio 2016 vai chegando ao final e muitos amigos ainda possuem duvidas de quantas são e quais são as moedas comemorativas das olimpíadas. Um amigo me pediu para postar algumas informações adicionais sobre as moedas olímpicas da Rio 2016. Visando atender o pedido do colega adicionei algumas imagens que podem servir para auxiliar cada um no complemento de suas coleções.
Tudo começou em 2012 quando ao fim dos jogos olímpicos de Londres o COI (Comitê olímpico internacional) passou para o Brasil a incumbência de organizar os próximos jogos... Assim tivemos o primeiro lançamento das moedas olímpicas! Datadas de 2012, uma foi a de hum real colocada para circulação comum e a outra de 5 Reais em prata e com acabamento proof para colecionadores. Logo depois ao longo dos anos até o ano de 2016 foram lançadas as outras moedas de circulação comum, de prata e a de ouro! Vale lembrar que foram feitas algumas de circulação comum em embalagens especiais para colecionadores. Infelizmente não estou com as moedas para realizar uma postagem ainda mais interessante pois não estou em minha casa, mas deixo estas imagens que podem servir como norte para cada um de vocês e qualquer dúvida, respondo nos comentários! Espero ter ajudado...







MAIS SIMPLES QUE OS PRESIDENTES ATUAIS


Dom Pedro II era um Rei simples e acessível...

Muitas pessoas hoje pensam que nosso Rei era incessível ou coisas do tipo! Fiquem sabendo, que era mais fácil ter contato com Pedro II nas ruas do que com os presidentes atuais, que vivem em uma ostentação que nem nosso Rei o fazia! Era comum vê-lo caminhar como uma pessoa normal com seu amigo e médico Conde Mota Maia pelas ruas da Cidade do Rio, como um senhor qualquer de classe média da época. Leia este relato feito pelo próprio Dom Pedro II em seu diário:

“Estava eu e mui Mota Maia andando pela a rua ouvidor quando lembro em comprar um regalo para meu neto mais moço, escolhi o agrado e fui pagar à senhorita do balcão do estabelecimento comercial, quando lhe entreguei uma nota de réis ela ruborizou-se olhando para nota onde minha velha face estava ao centro da impressão, a jovem olhou para mim e desmaiou em seguida. Mota a examinou e brevemente acordou timidamente, começou a fazer reverências que eu nunca tinha assistido ou recebido. Depois do susto saímos à calçada, avistei flores, peguei um ramo vistoso, voltei à loja e entreguei a simpática senhorita. Hoje foi um dia bom, porém sempre fico reflexivo sobre tais momentos onde fica claro que meu povo ainda me enxerga como um Rei Medieval dos contos que lia quando infante, mas vi admiração e um belo sorriso no rosto belle enfant, foi compensador.”
(Diário de Pedro II, disponível na Biblioteca Nacional e cópias no Museu Imperial de Petrópolis).

200 mil réis 1878

O GARRAFEIRO

A infância vivida ao lado das moedas

Muitas pessoas não lembram nem o que comeram ontem! Eu possuo uma memória passada muito boa, sendo capaz de lembrar coisas que ocorreram antes dos meus quatro anos de idade.
Lá no longínquo (para mim) ano de 1984, eu estava sentado brincando dentro de casa. Morávamos em um casebre de madeira na Candangolândia (vulgo barraco) grande e espaçoso, e ali seguia o dia, até que eu ouvia a voz de um senhor que sempre vinha empurrando um carrinho de madeira em meio ao poeirão,  gritando com uma voz firme e longa!

Ooooooolha o garrafeeeeeeeeiro!
Ooooooolha o garrafeeeeeeeeiro!

Eu corria para juntar as garrafas e esperava no batente de casa a minha vez de entregar ao moço algumas garrafas por alguns centavos... Era uma verdadeira festa!!! O padrão monetário da época era o Cruzeiro que vigorou de 15/05/1970 a 14/08/1984... As moedinhas sempre eram esperadas, pela simples diversão de trocar garrafas por pratinhas... Quando somos crianças, qualquer coisa nos diverte. As memórias de infância são importantes para que os mais jovens possam ao menos imaginar como as coisas aconteciam em determinadas épocas! 

E EU RESSURGIREI DAS CINZAS

O símbolo da força de um país. Sua coragem!


Em 1946 o Japão ainda passava pelos horrores dos últimos capítulos da guerra que oficialmente teve seu fim decretado em 1945... Não estamos abordando o tema com esta postagem, mas somente introduzindo uma questão que passa despercebida por muitos colecionadores e entusiastas da notafilia mundial. Em 1946 está cédula de 10 ienes foi lançada em meio ao conturbado início do pós guerra, fabricada em papel de arroz e com alegoria de uma fênix, ela anunciava que o Japão seria reerguido dos efeitos da guerra e que o renascimento da nação seria um objetivo é contribuição coletiva... A fênix estampada na cédula tinha este objetivo nobre da reconstrução deste país e circular de mão em mão, sempre foi a melhor forma de propagar uma informação, mesmo que subliminar, assim como Getúlio fez ao estampar sua efígie em cédulas do cruzeiro, como forma propagandista de sua imagem, digo de passagem que fôra a única personalidade que teve sua efígie retratada em uma cédula brasileira ainda estando vivo. O Japão se reconstruiu da guerra e este povo ainda nos mostrou sua força em dar a volta por cima em meio as catástrofes naturais que assolaram este país nos últimos anos.


Cédula do meu acervo datada de 1946 

CASA DA MOEDA COMERCIALIZARÁ MOEDAS COMEMORATIVAS PELA PRIMEIRA VEZ EM SUA HISTÓRIA.

Uma grande notícia para os colecionadores de todo o Brasil.
.
Um furo de reportagem para o noticiário numismático.
Amanhã, dia 09 de junho de 2016, será uma data muito importante para a numismática nacional! O Banco do Brasil perderá o monopólio sobre a venda de peças numismáticas. Nós da NUMISMÁTICA NEWS temos o prazer de informar em primeira mão que a Casa da Moeda do Brasil realizará um evento anunciando a venda de peças numismáticas utilizando da estrutura do "Clube da medalha da CMB" para efetuar vendas online de moedas comemorativas para todo o Brasil. Nos foi informado que o lançamento será amanhã, mas que o pleno funcionamento para o comercio online via CMB ainda levará alguns dias para ir ao ar na web. Certamente será uma grande mudança para o meio colecionista e numismático nacional e abrirá possibilidades para que nossos amigos que residem em locais mais distantes possam adquirir suas peças comemorativas de uma forma mais simples e direta.

Vale lembrar que pela primeira vez em sua história a CMB vai comercializar moedas comemorativas em venda direta para colecionadores.

Novo catálogo de moedas do Brasil

Tive o prazer e a oportunidade de ler e testar essa ferramenta. Este e-book vem para nos ajudar como fonte de informação e gerenciamento de bolso do Acervo numismático do colecionador, um catálogo interativo, onde você poderá marcar as moedas que já possui! Este modo de interação proporciona uma grande agilidade ao garimpar peças na web, nas feiras de antiguidades ou nos encontros numismáticos. A licença é individual e você poderá utilizar em qualquer dispositivo, não podendo ser cedida a terceiros. Realmente uma iniciativa de grande valor para o meio colecionista. Eu já estou usando o meu! Vale a pena conferir a novidade.

www.catalogodemoedasdobrasil.com.br