CONVERSÃO DE DATAS EM ALGARISMOS ROMANOS PARA ARÁBICOS - Exemplos de utilização de numerais romanos em inscrições de datas.



Na numismática é muito comum que cruze em nosso caminho moedas datadas com algarismos romanos. Saber fazer a conversão destes algarismos é algo muito importante no meio numismático, além de ser um aprendizado para toda vida. Nesta postagem vamos dar algumas dicas que podem ajudar você na compreensão destes números e consequentemente lhe ajudar na conversão de romanos para arábicos.

Algarismos romanos é o nome que damos aos os primeiros números usados ​​pelos antigos romanos em seu sistema numérico. Os Algarismos romanos se originaram cerca de 500 anos aC por meio dos etruscos. O sistema numeral romano é decimal mas não diretamente posicional e não inclui um zero. Este sistema é baseado em letras do alfabeto, que são combinadas para significar a soma (ou em alguns casos, a diferença) de seus valores.

Números naturais podem ser escritos pela repetição dessas letras e ou suas combinações. Se um numeral maior estiver na frente de um número menor (XV = 10 + 5 = 15), os valores desses numerais serão somados (o princípio da adição); se um numeral menor estiver na frente de um número maior (CM = 1000 - 100 = 900), então o número menor é subtraído do número maior (o princípio da subtração). A última regra é usada somente para evitar a replicação quádrupla do mesmo caractere numérico.

Deve-se notar que V (5), L (50) e D (500) não podem ser subtraídos. Já os números, (1), X (10) e C (100) podem ser subtraídos - se eles ficarem em frente ao numeral maior, como descrito acima.

No entanto, podemos notar em algumas moedas, numismaticamente falando que alguns artistas abridores de cunhos e desde a antiguidade, tradicionalmente colocam «IIII» em vez de «IV» (numeral «4») em moedas e até mesmo na era moderna é utilizado o mesmo método por designes colocando este exemplo nos mostradores de alguns relógios



NOS LIVROS
Às vezes você verá um numeral romano com uma linha sobre ele. Isso significa que você deve multiplicar o valor abaixo da linha por 1.000. Por exemplo, o numeral romano «X» com uma linha acima significa 10 × 1.000 = 10.000.

Na Idade Média, depois da invenção da imprensa, o ano de publicação de um livro era muitas vezes denotado por algarismos romanos:


NO DINHEIRO AMERICANO
Em um detalhe da nota de $ 1 Dólar, podemos encontrar a data escrita de acordo com o sistema numérico romano:

Como você pode imaginar, é 1776, ou seja, o ano da Declaração da Independência dos EUA.

NO VATICANO
O Estado da Cidade do Vaticano é conhecido por sua Basílica Papal de São Pedro. Na frente dela pode-se ver a seguinte inscrição escrita em latim:
IN HONOREM PRINCIPIS APOST PAVLVS V BVRGHESIVS ROMANVS PONT MAX AN MDCXII PONT VII


Isto significa: Paulo Quinto Borghese, Sumo Pontífice Romano, no ano de 1612, o sétimo do seu pontificado, erigido em honra do Príncipe dos Apóstolos». Como você pode ver, o ano de 1612 dC foi escrito usando algarismos romanos, ou seja, MDCXII.

NA RÚSSIA 
São Petersburgo é conhecida como a capital do norte da Rússia. Um dos seus maiores monumentos é "O Cavaleiro de Bronze", que retrata o imperador russo Pedro, “o Grande”, sentado em seu cavalo e com o braço estendido apontando para o rio Neva. Este monumento está localizado na Praça do Senado. Há duas inscrições no pedestal do monumento, como segue:

EM RUSSO - “ПЕТРУ перьвому ЕКАТЕРИНА вторая лѣта 1782” 
EM LATIM - “PETRO Primo CATHARINA Secunda MDCCLXXXII”
EM PORTUGUÊS - “Catarina, a segunda a Pedro, o primeiro, 1782”. (Tradução Livre)


Como você pode ver, MDCCLXXXII em algarismo romano corresponde a 1782 AD.

EM MOEDAS DO BRASIL
400 réis (1901) - Moeda de maior valor da série batida em cuproníquel em 1901, encomendada à firma Basse & Selve, da Alemanha, que contratou serviços de diferentes Casas da Moeda estrangeiras. Foi cunhado um total de 161.250.000 peças, a maior produção de moedas do mundo, na época. Esta é a única moeda brasileira em que a data está em algarismo romano – MCMI (1901). A série é composta de moedas de 100, 200 e 400 Réis, com a figura da Abundância no anverso e efígie Representando a República no Reverso.
COMO CONVERTER ARÁBICOS EM ROMANOS

1 - Na numeração romana, as letras são escritas uma ao lado da outra. Quando temos uma letra maior seguida de uma menor somamos os valores, observe:

VI = 5 + 1 = 6
XII = 10 + 2 = 12
LV = 50 + 5
CCL = 100 + 100 + 50 = 250
MCCXI = 1 000 + 100 + 100 + 10 + 1 = 1211
DXX = 500 + 10 +10 = 520
MDCL = 1000 + 500 + 100 + 50 = 1650

2- Quando temos uma letra menor seguida de uma maior, subtraímos o valor da maior pelo valor da menor, veja:

IV = 5 – 1 = 4
IX = 10 – 1 = 9
XL = 50 – 10 = 40
XC = 100 – 10 = 90
CM = 1 000 – 100 = 900

Obs.:
A letra I somente aparecerá antes do V e do X.
A letra X somente aparecerá antes do L e do C
A letra C somente aparecerá antes do D e do M.

3- As letras I, X, C e M somente podem ser escritas seguidamente por três vezes.

III = 1 + 1 +1 = 3
XXX = 10 + 10 + 10 = 30
LXX = 50 + 10 + 10 = 70
MM = 1 000 + 1 000 = 2 000
CCC = 100 + 100 + 100 = 300
CCX = 100 + 100 + 10 = 210

4- Algumas letras do algarismo romano são escritas com o sinal de um traço, eles representam que os valores devem ser multiplicados por 1.000, 1.000.000 e assim respectivamente. Assim temos que :

__
V = 5.000
__
VI = 6.000
__
X = 10.000
__
L = 50.000
___
LXX = 70.000
__
XC = 90.000
__
C = 100.000
__
D = 500.00
__
M = 1.000.000
__
__

= 5.000.000
__
__

XX = 20.000.000


CONVERSÃO DE DATAS EM ALGARISMOS ROMANOS PARA ARÁBICOS - Exemplos de utilização de numerais romanos em inscrições de datas. CONVERSÃO DE DATAS EM ALGARISMOS ROMANOS PARA ARÁBICOS - Exemplos de utilização de numerais romanos em inscrições de datas. Reviewed by BRUNO DINIZ on junho 14, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.