>>Colecione moedas e cédulas do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...

Conversão hipotética dos Réis para o Atual Real.

No livro 1808, Laurentino Gomes faz uma conversão de réis em Real, baseando-se em outros autores[carece de fontes] que se empenharam para torná-la o mais próxima do valor atual, levando em consideração os valores da inflação. Cabe lembrar que a conversão, mesmo próxima, não é exata. O valor aproximado é o seguinte:
1 Real (Réis) - R$ 0,123
1 Mirréis (Mil Réis) - R$ 123,00
1 Conto de Réis (Mil mirréis) - R$ 123.000,00
900 Contos de Réis - R$ 110.700.000,00
Em 1846, o Império conseguiu o 1º orçamento superavitário por conta das novas rendas da Alfândega, nessa época 1 saca de café era comprada por 12$000 réis e um escravo valia 350$000 réis, os escravos com habilidades (carpinteiro, fundidor¸maquinista, etc) valiam 715$000 reis.
Em 1854, a receita total do Império foi de 35.000 contos de réis.
Entre 1856 e 1862, em Vassouras, 1 conto de réis (1:000$000=1 milhão de réis) comprava 1 escravo. 
Em 1860, 1 conto de réis (1:000$000= 1 milhão de réis) comprava 1 kg. de ouro.
Considerando que em 15/11/1889, o menor salário mensal (de uma pessoa sem nenhum conhecimento) do Brasil Imperial era 25000 Réis, o salário de uma professora primária era 45000 Réis, o salário mensal de um Heitor/Professor Secundário 167000 Réis, o maior salário mensal do País em 300.000 Réis e para fins de referência e cálculos toma-se aqui o ouro puro, ou seja, 9 (nove) gramas de ouro 24 quilates, em 15/11/1889 valia 10000 réis.