10 MIL-RÉIS 1907-1932 DO TESOURO NACIONAL





 Fig. 1 e 2 – Specimen da cédula de 10 mil-réis da 11ª estampa e série 65ª (R.104s; P.33), emitida em 1907 (175 mm x 77 mm).

A cédula de 10 mil-réis da 11ª estampa foi emitida pelo Tesouro Nacional em 1907 e desmonetizada em 1932. Ela traz no anverso uma alegoria com leão e livros e no reverso o Edifício da Caixa de Amortização na atual Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro.
Esta cédula foi impressa pela empresa americana American Bank Note Company – ABNCo. de Nova York.  Foram impressas 65 séries, ou 6.5000.000 cédulas, entre os anos de 1907 a 1911.

   

Edital da Caixa de Amortização referente à cédula de 10 mil-réis da 11ª estampa


Caixa de Amortização


Faço publico, em virtude da resolução junta administrativa, tomada em sessão de hoje, que são os seguintes os característicos das notas do Tesouro Federal, do valer de 10$ da 11ª estampa e serie 1ª, que vão ser postas em circulação:

Anverso – À esquerda uma figura de mulher sustentando na mão direita um ramo de oliveira, emblema da sabedoria e da paz, tendo o braço esquerdo repousado na cabeça de um leão deitado a seu lado; junto a este se acha de um lado encostado a outro, um livro em cuja capa se acha a palavra - Lex- e do outro uma trípode fumegante.
Por cima da cabeça da mulher se vê á dístico (“Republica dos Estados Unidos do Brazil”, e, na parte inferior da nota, a, numeração e a designação da estampa, sendo que a serie se destaca visivelmente em plano superior.
À direita um ornato da cor verde e vermelha, em cujo centro escuro acha-se o valor da nota «10» em grandes caracteres, na parte superior desse ornato as palavras “No Thesouro Nacional se pagara ao portador, desta a quantia de” e na parte inferior, sobre fundo preto, por extenso “Dez mil reis, valor recebido”.
À direita a numeração e, pouco abaixo, a designação da estampa e série.
Nos quatro ângulos da moldura o valor “10”. Impressa a diversas cores, vê-se no espaço mais claro e repetidas vezes o valor, “dez mil réis” por extenso e o algarismo romano X: Verso. Verde escuro, no centro o novo edifício da Caixa de Amortização, por cima o dístico “Republica” e abaixo “dos Estados Unidos do Brazil”.
Dos dois lados o valor da nota “10” em grandes caracteres.
Caixa de Amortização, 14 do outubro de 1907. – O inspetor, M. C. de Leão. (Diário Oficial da União, 15 de outubro de 1907, p.15).

   

VINHETA DA ABNCo. – ALEGORIA COM LEÃO E LIVROS
  




Fig. 3 – Vinheta da ABNCo. – ALLEGORICAL, WITH LION AND BOOKS (Alegoria com leão e livros). Gravada por Alfred Jones da ABNCo., 1894. (in, American Bank Note Archives Series – Allegories of Finance, 1990)


A vinheta do anverso da cédula de 10 mil-réis da 11ª estampa é uma alegoria que inclui: uma figura de mulher sustentando na mão direita um ramo de oliveira, símbolo da sabedoria e da paz, tendo o braço esquerdo repousando na cabeça de um leão deitado ao seu lado (simbolizando a força); junto a este se acha alguns livros empilhados e um com a capa aparente contendo a palavra latina LEX (lei) e do outro lado uma trípode (vaso de três pés) contendo uma tocha fumegante, iluminando o conjunto.
Esta vinheta foi gravada por Alfred Jones da American Bank Note Co. – ABNCo. em 1894. Avinheta não foi gravada exclusivamente para a cédula brasileira, sendo utilizada em outros trabalhos da empresa para outros países. Vejamos uma pequena relação onde aparece esta alegoria (lista não exaustiva):

- El Banco Salvadoreno, San Salvador, ElSalvador, 500 pesos, anverso P. S207 (19xx).


Minerva, Britânia ou Alegoria com leão e livros


Alguns catálogos brasileiros de cédulas identificam a imagem do anverso da cédula de 10 mil-réis de 1907 como a “figura mitológica de Minerva”. Minerva é, na mitologia romana, a deusa da sabedoria, das artes e da estratégia de guerra. Um dos atributos de Minerva é o elmo na cabeça, que se encontra presente na imagem. O fato da mesma encontrar-se na posição deitada é, em nossa opinião, atípica na sua representação, sugerindo uma alegoria e não a figura propriamente da deusa. Diante disto, e da ausência de descrição como Minerva em documentos da época, optamos pela designação do edital da Caixa de Amortização e da empresa impressora, qual seja, “emblema (alegoria) da sabedoria e da paz” ou “Alegoria com leão e livros”.
A cédula de 10 dólares do “Dominion Bank” doCanadá, de 1910, traz a mesma imagem, que foi identificada como “Britânia”, que é a personificação feminina da Grã-Bretanha, no caso do Império Britânico[1], em geral ela é representa conjuntamente com um leão. A representação de Britânia apresenta similitudes com a de Minerva e ainda na cédula com a imagem do leão, concluiu-se que se tratava de Britânia naquela cédula do Canadá.
Existem outras versões desta vinheta como podemos verificar nas ações da Fox Theatres Corporation de Nova York (Companhia de salas de cinema americana, fundada nos anos 20), em que temos a substituição dos livros por uma criança e nas ações do Boston Herald Traveler Corporation de Massachusetts (Jornal, fundado em 1846), em que se substitui o ramo de oliveira por uma balança. Pela variação nas imagens é possível constatar a existência de diversas chapas de impressão.
   


Fig.4 – Detalhe do anverso das cédulas 10 mil-réis do Brasil (P.33 – 1907) e da de 10 dólares doDominion Bank do Canadá (P. S1027 – 1925), esta impressa pela Canadian Bank Note Company, Limited. (De 1897 a 1922 ela funcionou como companhia subsidiária da ABNCo., após tornou-se independente ).  

 




  
Fig. 6 – Apólice do Boston Herald-Traveler Corporation, Massachusetts, USA (1953) e Apólice daFox Theatres Corporation de Nova York, USA (1929). 


Bibliografia:

- Catálogo do papel-moeda do Brasil 1771-1986, emissões oficiais, bancárias e regionais. Violo Ídolo Lissa. Brasília: Editora Gráfica Brasiliense, 3ª edição, 1987.
Catálogo J. Vinicius de Cédulas do Brasil, 1982.
- Cédulas Brasileiras da República. Emissões do Tesouro Nacional. F. Dos Santos Trigueiros (org.). Rio de Janeiro: Banco do Brasil. 1965.
- Cédula do Brasil 1833 a 2011. Claudio Patrick Amato, Irlei Soares das Neves, Julio Ernesto Schütz, 5ª edição, 2011
- Diário Oficial da União, 15 de outubro de 1907, p.15

Autor: Marcio R. Sandoval (sterlingnumismatic@hotmail.com)

Matérias relacionadas:

Prédio da Antiga Caixa de Amortização – Ícone Histórico e Numismático 

American Bank Note Company




[1] Como Marianne é a personificação da França.
10 MIL-RÉIS 1907-1932 DO TESOURO NACIONAL 10 MIL-RÉIS 1907-1932 DO TESOURO NACIONAL Reviewed by BRUNO DINIZ on novembro 28, 2014 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.