Macuquinas carimbadas e cerceadas





Algumas das primeiras moedas que circularam no Brasil colonial eram de origem espanhola, ou produzidas com a prata das colônias das Américas. Quando reconquistou a independência, Portugal carimbou os reales e as macuquinas espanholas. Os Reales passaram a ser Réis com novo valor cambial e o tesouro do reino ganhou cobrou pela mudança. Através do cerceio (raspagem da prata) as mãos dos usuários da época se defenderam como puderam. Cerceio e violências cambiais não foram praticados só no reino português e na colônia brasileira. Os braços longos da cruz em moedas inglesas foram adotados para dificultar o cerceio. Os fiéis ficavam com medo de raspar ou tirar lasquinhas da cruz.  

CURIOSIDADES

O que é cerceio?

Em Numismática, cerceio é o ato de aparar as extremidades ou raspar a moeda. O cerceio provocava a diminuição do valor intrínseco da moeda.

Você sabe porque o bordo das moedas são serrilhados ou trazem adornos ou inscrições?

A serrilha das moedas em seu bordo surgiu porque era frequente raspar a borda das moedas de metais mais nobres (ouro e prata) para juntar esse mesmo metal em , diminuindo o diâmetro da moeda e o seu valor no peso (mas não o valor facial) - na numismática este ato de subtrair metal original á moeda é chamada de cerceio.
Macuquinas carimbadas e cerceadas Macuquinas carimbadas e cerceadas Reviewed by BRUNO DINIZ on junho 21, 2013 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.