>>Colecione moedas, cédulas, selos e cartões telefonicos do Brasil e do Mundo!!! Venha ser um colecionador...>> Entre Cédulas, Moedas, Selos e Histórias é uma página do Historiador e Numismata Bruno Diniz >> Contato: brunocelest@gmail.com >> Siga nossa coleção no Google+ >> Inscreva-se em nosso canal no Youtube!!! >>

Zeladora de biblioteca acha coleção de moedas avaliada em milhões.


Coleção de moedas e medalhas de prata foi negligenciada por 2 séculos.

Uma zeladora de uma biblioteca na cidade de Passau, na Bavária, descobriu em 2011 um tesouro de moedas e medalhas de prata antigas, que foi negligenciado por mais de dois séculos, avaliado em milhões, segundo a emissora norte-americana ABC.
Janitor Tanja Höls já havia visto várias vezes a despretensiosa caixa de madeira nos arquivos históricos da biblioteca de Passau, mas foi apenas há dois anos que a curiosidade fez ela abri-la para ver o que tinha dentro.




Foi então que encontrou a série de moedas históricas, a maioria de prata. “Eu não tinha ideia que encontraria um tesouro”, diz a mulher de 43 anos à agência alemã DAPD. Quando ela contou ao chefe da biblioteca o que havia visto é que soube do valor das moedas.
“Este achado é uma fortuna real”, diz Markus Wennerhold, dizendo que a descoberta coincidiu com o aniversário de 400 anos da biblioteca que ocorreu em 2012.

O chefe da biblioteca acredita que a coleção têm ao menos 172 moedas bem preservadas que datam de 1803, durante a secularização da Alemanha, quando parte do acervo que pertencia à igreja foi transferido para o Estado. Para ele, as moedas podem ter sido escondidas para escapar das autoridades.

Pertencentes ao período entre o Império Romano e o período napoleônico, uma pesquisa avaliou as moedas em milhões, segundo Wennerhold.

Para o diretor da biblioteca, as moedas foram provavelmente relegadas porque antigos funcionários da biblioteca subestimaram o valor. “Ninguém dos funcionários sabia da existência dessas moedas”, disse.

A biblioteca publicou fotos de cada moeda em seu site oficial. E em 2012, durante o aniversário da instituição, a direção disponibilizou o tesouro para visitação pública.

Fundada em 1612 com parte de um colégio jesuíta, a biblioteca é conhecida por abrigar o acervo de livros mais antigo da Alemanha.


Fonte: ABC News