HISTÓRIA DA MOEDA - ABERTURA



Desde temos imemoriais, objetos inusitados circulam como moedas, delineando as atividades de comércio e estabelecendo as bases da vida política e social.
Colares ou braceletes de conchas, pérolas, dentes, ossos ou plumas, fragmentos de pedra ou metal, peças de cerâmica ou tecidos, objetos de formas e materiais surpreendentes – encontramos tudo isso sob a designação de moedas antigas, nas coleções de inúmeros museus ou em livros e revistas de etnografia, pré-história e arqueologia.
Outros objetos, aparentemente análogos, são considerados adornos ou jóias, embora sem comprovação mais evidente de que tenham sido utilizados como ornamentos, e não como moeda. Seu bom estado de conservação, indicando que tais objetos eram valiosos para seus donos, e suas características físicas, inadequadas para fins diretamente utilitários, sem dúvida estimularam arqueólogos e os que se dedicam a estudar a pré-história a atribuir uma função puramente decorativa a esses tesouros que, na realidade, também serviam como moedas. Vamos viajar por um mundo cheio de historias, e tentaremos contar boa parte dela nos 20 posts da série. Todos os dias duas postagens quentinhas para vocês!

Lmebre-se! Uma completa a outra...Não perca nenhuma postagem da série.
HISTÓRIA DA MOEDA - ABERTURA HISTÓRIA DA MOEDA - ABERTURA Reviewed by BRUNO DINIZ on novembro 19, 2012 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.